Entramos na era do marketing digital 4.0

09/04/2018

Hands Holding Digital Devices with Various SymbolsHoje em dia ter apenas um produto de qualidade e um atendimento de excelência não é mais suficiente para que uma empresa alcance o sucesso. Isso passou a ser condição obrigatória para qualquer marca. Da pequena loja às marcas globais, qualidade de produto, de atendimento e preço justo são essenciais para sobreviver. Se esses três itens estiverem de acordo, o negócio já tem 10% do caminho.

Mas só 10%? Isso mesmo! Porque os outros 90% passam por itens como logística, sustentabilidade, ponto de venda, promoção, comunicação, marketing, branding, e etc. Um dos maiores desafios da atualidade é, com certeza, chamar atenção do público-alvo. Em qualquer segmento, o objetivo é o mesmo: vender mais.

Com a presença cada vez maior na vida dos consumidores e com muita influência do meio digital, o marketing se tornou uma ferramenta essencial para qualquer marca. Uma pesquisa realizada pela PwC em 2015 revelou que 77% dos brasileiros são influenciados pelas redes sociais na hora de decidir uma compra. Ou seja, boa parte da população só compra um produto se tiver algum contato anterior (e digital) com a marca.

A transformação da comunicação como um todo abriu portas ao marketing digital, onde o imediatismo fala mais alto. Mas se engana quem acha que a estratégia se resume à presença da empresa nas redes sociais. Para funcionar, a comunicação deve ser feita de forma estruturada, direta e atingir o consumidor no momento certo. O conjunto de atividades envolve o desenvolvimento de identidade, do tom de voz, do estilo da marca e o principal: relacionamento adequado com o público.

Além disso, as estratégias de SEO também são importantes nesse momento, pois garantem às empresas uma melhor posição nas buscas orgânicas do Google e em outros sites. E não podemos esquecer também do Inbound Marketing, que visa atrair o público por meio de conteúdo (o chamado Branded Content), reunindo interessados em serviços, tendências ou produtos e distribuindo informações em portais, blogs, e-mail marketing e outros canais.

O marketing digital auxilia não só na construção de uma reputação, mas no aumento da audiência online. E o investimento nesse meio cresce mais de 30% anualmente no Brasil, segundo o Interactive Advertising Bureau (IAB). Diferente do marketing tradicional, o retorno sobre investimentos no mundo digital se dá com mais facilidade, pelo fato de ser mensurável, com métricas mais simples e claras.

Enquanto na forma tradicional estudamos os 4Ps (produto, preço, praça e promoção), no marketing digital as estratégias contemplam outros Ps. Começando pelo planejamento, passamos pela pesquisa (das histórias das marcas e produtos), produção, publicação, promoção, propaganda, personalização e precisão. Dessa forma os resultados vêm de forma maximizada e de maneira mais assertiva.

Mesmo com todos os recursos a nossa disposição, é preciso pensar sempre além e tentar incorporar novas formas de otimizar o marketing digital. Um exemplo? Já estão sendo estudados e aplicados o uso de inteligência virtual na comunicação, assim como a Siri, da Apple, e a Alexa, da Amazon - uma forma de inovar com o uso de muita tecnologia.

Fonte: Administradores
VOLTAR