As 5 dicas que vão inspirá-lo a dar um novo rumo para a inovação digital da sua empresa

15/02/2016



Inovação é a palavra chave para o seu negócio em 2016. “Ah mais isso eu já planejo todo ano”! E tecnologicamente falando, você também se planeja?

A inovação digital deixou de ser algo distante e está transformando a rotina de todas as empresas. Quem deixou de inovar, já sente os riscos e as perdas de negócio. É preciso abrir espaço entre os processos do dia-a-dia e dedicar-se às novas tecnologias.

O WhatsApp, por exemplo, foi adquirido pelo Facebook por 19 bilhões de dólares e está perto da marca de 1 bilhão de usuários. Como estratégia de crescimento em 2016, o WhatsApp anunciou que deixará de cobrar a anualidade de US$ 1 pelo uso do aplicativo, que chegou a derrubar a receita das operadoras no ano passado.

Para não serem totalmente engolidas, as operadoras terão agora, no momento de desespero, que se reinventar, explorar novas áreas, satisfazer seus clientes. Responder ao inesperado torna uma empresa vencedora em um cenário de crise, como têm feito os bancos, por exemplo, ao se incluir ao mundo digital. Oferecer os serviços na palma da mão dos clientes saturados em ir às agências para efetuar pagamentos, ou checar as suas contas é inovação!

De acordo com o eMarketer, a previsão é que 41,1 milhões de brasileiros façam pelo menos uma compra online em 2016. Você já está inserido neste ambiente?

Veja algumas dicas escritas por Marcelo Trevisani, e divulgadas pelo portal Proxxima, que podem mudar o seu olhar sobre a tecnologia e inspirá-lo a inovar, hoje, AGORA!

1. Diagnóstico: analise seu negócio e seus concorrentes dentro do ecossistema digital. Compare sua maturidade e veja o que está sendo feito. Entenda suas presenças digitais (website, app mobile, enfim, o seu universo online). É importante ter a visão de como estão todos os seus touchpoints. Se o website é só informacional, de relacionamento ou transacional. O importante é identificar os seus canais digitais e entendê-los, para saber qual é a demanda e como o seu negócio pode se beneficiar. Apare as arestas e foque no que é extremamente importante ao consumidor desse universo;

2. Engajamento: entenda "qual é" e "quem dentro da sua empresa" é capaz de captar essa revolução digital. Avalie todas as opções: desde o CEO, CMO ou qualquer outro executivo específico que possa capitanear isso como uma estratégia de negociação. O digital tem que ser absorvido por toda a empresa. Você pode ser inovador na hora de vender, criar ou oferecer o seu produto. Mas, é preciso que a liderança da empresa tenha esse olhar para a tecnologia e dê um norte para engajar todos os colaboradores, ajudando na missão de digitalizar o negócio;

3. Estratégias: estabeleça estratégias a seguir. Avalie as percepções das pessoas, o que falam sobre a marca. Use essas informações para a gestão da presença digital da sua empresa e elabore estratégias para melhorá-la. O profissional de marketing não cria necessidades, elas já existem. Basta criar o desejo e o modo de trazê-lo para o seu universo digital. Hoje, uma marca não é reconhecida pelo o que ela diz, mas pelo o que ela oferece. Quanto mais relevância a marca tiver, uma melhor experiência ela precisa entregar;

4. Analytics: trabalhe o business intelligence, analytics, sustentando e retroalimentando a sua estratégia. Combine tudo isso às táticas online em tempo real. Você terá um resultado muito maior ao mensurar o que está dando certo, impactando o consumidor na hora ideal e com a mensagem correta;

5. Expertise: opte por uma empresa especializada em digital, capaz de realizar uma análise profunda, aplicar estratégias e integrar todos os seus sistemas. Tudo, alinhado com o seu time interno. O papel dos especialistas é justamente fazer "o cavalo de pau do transatlântico", isto é, aplicar a tecnologia a favor da melhor estratégia e fidelização do cliente.

Está na hora de a sua empresa aceitar que a realidade já é outra e lutar contra ela não a faz mudar as coisas. No meio digital a inovação ocorre de maneira ainda mais rápida para as empresas, e mudar é essencial. Esta é a hora de investir no digital. Vamos juntos?
VOLTAR